Paty Dibona

07 dezembro 2013

As Bonecas de Laurence Ruet

|
Para quem acompanha a Fanpage do Blog, viu que eu postei por lá hoje algumas bonecas. São muito reais, parecem menininhas de verdade e eu fiquei louca procurando quem era a criadora, onde vendia e etc.

Descobri que é uma francesa, chamada Laurence Ruet e que os preços das bonecas variam entre dois a três mil dolares. Preciso dizer que morri e fiquei apaixonada? Caso alguém queira me dar uma de presente de Natal, estou aceitando haha


Todas os créditos das imagens são de Laurence Ruet, inclusive tem mais 99 fotos lá na fanpage do blog, só clicar  AQUI. Beijos meninas

8 comentários:

  1. Ai desculpa, não gostei delas, parecem crianças mortas, aquelas de filme de terror, elas assustam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. heheh sério? Talvez por isso mesmo que eu adorei. Parecem mesmo bonequinhas antigas de filme de terror, mas eu não tinha me ligado.

      Ah, e não precisa comentar em anônimo aqui...pode dar sua opinião, pois aqui todas as opiniões são bem vindas.

      Beijos ♥

      Excluir
    2. Eu já adorei, cada uma com suas características e defeitos, muito perfeitas. Parabéns Paty por ser capaz de enxergar através das imagens.

      Excluir
    3. obrigada Bruna, acho que temos a mesma sensibilidade. beijinhos ♥

      Excluir
  2. Amei, mas juro que fiquei até com medo dessas bonecas KKKKKKKKKKK. A minha predileta foi a ruivinha *-*
    http://www.spaziobeaute.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahahha eu tinha medo daquele boneco fofão!
      beijos Aline ♥

      Excluir
  3. Não fiquei com nenhum pingo de medo hahaha!!! Sou normal???? Eu fiquei foi encantada com a perfeição da criação... Nem dá para acreditar que não são crianças hahaha!!! A pele é perfeita, os traços, cada detalhe!!! Parabéns pelo post e parabéns a criadora pelo trabalho e criatividade!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não senti medo, achei muito lindas, parecem criança de verdade. Beijos ♥

      Excluir

 

criado e codificado para Paty Dibona
cópia proibida © 2015